A gratidão
1122
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-1122,theme-bridge/bridge,bridge-core-2.3.6,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-overridden-elementors-fonts,qode_disabled_responsive_button_padding_change,columns-3,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default

A Gratidão

 

Muito se fala hoje em dia sobre gratidão e a importância de se ser grato.

As palavras contêm energia e, como tudo, ficam cansadas quando voam de boca em boca.

Num tempo no qual facilmente tudo se vulgariza e que à distância de um click todos nós podemos ser levados a pensar que sabemos sobre tudo, junto com uma urgência em chegar, em realizar, em perceber, ficamos com pouco tempo para nos aprofundarmos. Vivemos rodeados de “temos que fazer, temos que entender, temos que alcançar e… temos que ser gratos!”. Temos???

Qual o valor da gratidão quando se vive em queixume (ingratidão, diria eu!) e nem sequer se compreende o que gratidão realmente significa? Ah, porque temos que ser gratos para que a vida seja generosa para connosco, escuto isto tantas vezes! E assim, nesta crença alimentamos o medo de que “se formos uma má pessoa, a vida nos castigará” e recalcamos insatisfações e desejos.

Nos últimos dias tenho reflectido muito sobre o significado de gratidão e algo bonito se revelou em mim – gratidão é abrir os braços para receber cada situação sem exigir que seja diferente.

Não, isto não é conformismo! Pois se há algo que não assenta na minha natureza é o conformar. Para mim, e pode que para ti seja diferente, gratidão é compreender a mensagem de cada momento. Gratidão é olhar até aquilo que não concordo e ficar feliz pela oportunidade de perceber quem sou e como me relaciono com o que me rodeia. Gratidão não é peace and love no matter what! Gratidão é acção! Gratidão é retirar de cada circunstância um sentido.

Gratidão não é, nem deve ser um esforço. Gratidão existe naturalmente no coração quando nos libertamos do queixume e deixamos de ver a vida sobre os olhos dos nossos gostos e aversões. Gratidão é amor no coração! E o amor é independente da alegria ou da tristeza, o amor permeia tudo, o amor é a real natureza da vida e de nós mesmos!